Trump se pronuncia sobre investigação das eleições: ‘imensa quantidade de indícios de fraudes’

Presidente Donald Trump se pronuncia sobre investigação das eleições: ‘imensa quantidade de indícios de fraudes’

Por meio de suas redes sociais, Donald Trump, presidente dos EUA, voltou a se pronunciar a respeito das eleições presidenciais de 2020 e fez severas acusações contra Joe Biden, o partido Democrata, os coordenadores do sistema eleitoral em diversos estados norte-americanos e a empresa “Dominion”.

Trump sintetizou: “Há uma imensa quantidade de indícios de fraudes em toda parte, já que há provas irrefutáveis de que nossos observadores do partido Republicano foram proibidos de acompanhar a contagem. Em Michigan, Pensilvânia, Georgia, e outros estados. Inconstitucional!”.

Neste contexto, ele criticou contundentemente a Fox News e outras empresas da mídia corporativa dos EUA por ocultarem manifestações de cidadãos americanos em seu apoio: “A FoxNews e as redes de Fake News não estão mostrando essas imensas manifestações. Ao invés de mostrar, eles posicionam seus repórteres em ruas quase vazias. O que temos agora é SUPRESSÃO PELA IMPRENSA! Faça a América ser grande novamente!”.

Ele complementou: “Centenas de milhares de pessoas estão mostrando seu apoio em Washington, DC. Eles não vão apoiar uma eleição fraudada e corrupta! Eles não permitiram a entrada dos nossos observadores nos locais de contagem de votos. Apenas isso é suficiente para nossa vitória!”.

Conforme o presidente dos EUA, a “esquerda radical” da Geórgia estaria tentando roubar a eleição. Ele declarou: “A contagem manual que está sendo feita na Georgia é uma perda de tempo. Eles não estão mostrando as conferências de assinaturas. Suspendam a recontagem até que eles façam a conferência. Não deixem os Democratas da Esquerda Radical ROUBAREM A ELEIÇÃO! O decreto assinado pelo Secretário de Estado da Georgia, com a aprovação do governador Brian Kemp, a pedido de Stacey Abrams, tornou impossível verificar as assinaturas nas cédulas, envelopes, etc. Eles sabiam que iam roubar. Precisam expor as assinaturas verdadeiras… o que eles estão tentando esconder. Eles sabem, e todo mundo também sabe. MOSTREM O CRIME”.

Ele ressaltou: “O Secretário de Estado da Georgia, supostamente um Republicano (RINO), não está permitindo que as pessoas que estão conferindo as cédulas verifiquem as assinaturas. Por quê? Sem isso, o processo inteiro é muito injusto e, na prática, sem sentido. Todos sabem que nós vencemos naquele estado. Onde está o governador Brian Kemp?
700,000 ballots foram contados sem observadores na Filadélfia e em Pittsburgh, o que significa, com base em nossa grande Constituição, que nós vencemos no estado da Pensilvânia!”.

Neste contexto, ele expôs como, de acordo com sua perspectiva, a Fox News estaria sentindo, na audiência, o resultado de sua cobertura das eleições: “A audiência da FoxNews durante o dia teve um completo colapso. Nos fins de semana, é ainda pior. É muito triste ver isso acontecer, mas eles esqueceram o que causou o seu sucesso, o que os levou até lá. Eles esqueceram da galinha dos ovos de ouro. A maior diferença entre a eleição de 2016 para a eleição de 2020 foi a FoxNews!”.

Donald J. Trump também retweetou Scott Adams, o qual declarou: “As instituições e os indivíduos mais corruptos dos Estados Unidos declararam que a eleição não teve fraude, e isso é suficiente para mim. Qual é o problema com vocês?”.

Consoante Trump, a empresa Dominion seria controlada pela esquerda radical. Ele asseverou: “Nós vamos VENCER! As pessoas não vão suportar ver esta eleição ser roubada deles por uma empresa privada da esquerda radical, a Dominion, e por muitas outras razões! Já se sabe que o horrendo sistema Dominion de votação foi usado no Arizona (e fortemente em Nevada). Não me estranha que o resultado tenha sido uma derrota por muito pouco!”. Ademais, ele agradeceu aos cidadãos pelo apoio: “É muito bom ver esse tremendo apoio, especialmente as manifestações orgânicas que estão brotando em todo o país, inclusive uma grande, no sábado, em Washington DC. Posso até tentar passar por lá e dar um oi. Esta eleição foi roubada, pela Dominion e por todos os implicados. Vocês precisam ver o que o jornalista Sean Hannity mostrou do sistema Dominion de votação, horrível, impreciso e absolutamente inseguro, que é usado em estados onde dezenas de milagres de votos foram roubados de nós e transferidos para Biden. O grande Lou Dobbs confirma isso em outra reportagem poderosa!”.

(..)

Inscreva-se em nosso canal para acompanhar todas as transmissões de Jair Bolsonaro, assim como os melhores vídeos sobre temas políticos: http://bit.ly/FolhaPoliticaYoutube
Acesse nosso site para mais informações: http://www.folhapolitica.org

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!