Supercomputador do Japão mostra que umidade do ar afeta disseminação da Covid-19

http://youtu.be/WspVVlcDCpA

Um supercomputador japonês mostrou que a umidade pode ter um efeito importante na dispersão de partículas de vírus. A máquina mostrou que o risco de contágio do novo coronavírus é pontencializado em ambientes fechados e secos durante os meses de inverno.

A descoberta aponta que o uso de umidificadores pode ajudar a limitar as infecções quando a ventilação natural por janelas não é possível, de acordo com um estudo divulgado na terça-feira (13) pela Riken e pela Universidade de Kobe.

Conteúdo exibido orginalmente em 14 de outubro de 2020 no programa CNN 360 apresentado por Daniela Lima e Roberto Russo.

RECEBA AS NEWSLETTERS DA CNN GRATUITAMENTE: https://newsletter.cnnbrasil.com.br
ACESSE NOTÍCIAS E VÍDEOS: http://www.cnnbrasil.com.br
OUÇA NOSSOS PODCASTS: https://www.cnnbr.tv/2y91K4Q

CURTA: https://www.facebook.com/cnnbrasil
SIGA: https://www.twitter.com/cnnbrasil
https://www.instagram.com/cnnbrasil

Luccas Luccas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: