STF prorroga decreto de calamidade pública, que trata de medidas de combate ao Coronavírus

A possibilidade de isolamento social e a quarentena obrigatória são alguns dos pontos prorrogados. Mas, o ministro do Ricardo Lewandovski do Superior Tribunal Federal, preferiu não se manifestar em relação ao orçamento da União. E é exatamente aí que, segundo especialistas, os mecanismos de enfrentamento á Covid-19 e podem sofrer um colapso em 2021 no Brasil.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!