Senador Girão expõe ‘jogo político’ entre STF e presidentes do Senado: ‘Eles não têm limite. Eles…

Senador Girão expõe ‘jogo político’ entre STF e presidentes do Senado: ‘Eles não têm limite. Eles fazem o que querem no Brasil’

Durante participação em live promovida pela União dos Advogados do Brasil (UNAB), o senador Eduardo Girão falou sobre a importância da eleição do próximo presidente do Senado, que sucederá Davi Alcolumbre. O senador Girão reforçou o que o senador Lasier Martins havia dito, sobre o autoritarismo de Davi Alcolumbre, que tomava decisões de forma monocrática e não ouvia o colegiado.

O senador apontou que o comportamento do presidente do Senado é parte de um “jogo” político em que senadores protegem membros do Supremo Tribunal Federal e também são protegidos por eles. Girão afirmou: “o Supremo virou uma casa política no Brasil”. O senador apontou que, sem limites, os ministros do Supremo Tribunal Federal passaram a intervir nas atribuições dos outros poderes, interferindo em decisões que pertencem ao Executivo ou ao Legislativo.

O senador apontou que, se o Senado cumprir seu papel de controle, a situação pode mudar. Girão disse: “Acho que se tiver um impeachment, um só, vai servir de forma muito pedagógica. Vai ser muito importante para frear o Supremo Tribunal Federal, que está sem limites”. Ele acrescentou: “Eles não têm limite. Eles fazem o que eles querem no Brasil”.

Inscreva-se em nosso canal para acompanhar todas as transmissões de Jair Bolsonaro, assim como os melhores vídeos sobre temas políticos: http://bit.ly/FolhaPoliticaYoutube
Acesse nosso site para mais informações: http://www.folhapolitica.org

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!