Paulo Guedes faz desabafo impactante: ‘Somos apedrejados enquanto tentamos fazer o melhor pelo…

Paulo Guedes reage e faz desabafo impactante: ‘Somos apedrejados enquanto tentamos fazer o melhor pelo povo brasileiro’

O ministro da Economia do Governo Bolsonaro, Paulo Guedes, anunciou o saldo de 184 mil novos empregos, apontando: “todos os setores criaram empregos. Todas as regiões criaram empregos. Todos os estados criaram empregos. Ao contrário da primeira onda que nos atingiu no ano passado e destruiu 276 mil empregos, nossa reação à segunda onda foi a criação de 184 mil empregos no setor formal”. Paulo Guedes explicou ainda que o grande destaque foi o setor que mais tinha sido golpeado durante a pandemia, o setor de serviços. O ministro disse: “o setor estava no chão, se levantou. A economia brasileira segue criando novos empregos”. Paulo Guedes explicou ainda que o Brasil já passou do nível de emprego formal da época anterior à pandemia.

Ao agradecer ao economista José Pastori, Paulo Guedes desabafou sobre as críticas que o governo federal recebe: “Muito obrigado ao economista José Pastori pelo reconhecimento ao nosso esforço, ao nosso trabalho, na tentativa de atenuar o impacto socioeconômico da pandemia, principalmente sobre o mercado de trabalho. O seu reconhecimento pelo nosso esforço vale mais que 1 milhão de críticas que recebemos todos os dias”.

O ministro prosseguiu: “Somos apedrejados enquanto tentamos fazer o melhor possível pelo povo brasileiro. Estão politizando uma crise pandêmica seríssima. Independentemente de erros que possamos estar cometendo, nós queremos as críticas construtivas, somos todos brasileiros e queremos que dê certo. Quando temos críticas construtivas e reconhecimento, como do economista José Pastori… Ele não precisa de nada do governo, não converso com Pastori há décadas, sempre admirei o seu trabalho, ele é um especialista em mercado de trabalho e está vendo que o Brasil está com um desempenho bastante superior a muitas economias avançadas no mercado de trabalho. Graças aos nossos programas”.

O ministro Paulo Guedes também defendeu as medidas tomadas pelo governo federal, afirmando: “Não somos uma geração de covardes”. Guedes acrescentou: “Cada geração tem que pagar pelas suas guerras. Não somos covardes que empurram as contas para seus filhos e netos. Nós enfrentamos a crise”.

Inscreva-se em nosso canal para acompanhar todas as transmissões de Jair Bolsonaro, assim como os melhores vídeos sobre temas políticos: http://bit.ly/FolhaPoliticaYoutube
Acesse nosso site para mais informações: http://www.folhapolitica.org

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!