OH CHINA, PODE COPIAR, SÓ NÃO FAZ IGUAL!!!

http://youtu.be/vZuf2LOlI5Y

OUÇA O MAIS NOVO EPISÓDIO DO PODCAST HORIZONTE DE EVENTOS, ONDE EU CONTO A HISTÓRIA DO PRIMEIRO VOO DO ÔNIBUS ESPACIAL PARA VOCÊS!!!

https://open.spotify.com/episode/2Yv99QVB05u6hvTnK4xYVg?si=r2dWzmcETYeSc4IFfkXFJA

Acho que todo mundo já percebeu que a China é uma grande potência espacial, tem uma missão em MArte, um robô no lado oculto da Lua, trouxe recentemente amostras da Lua para a Terra e acabou de lançar o primeiro módulo da sua estação espacial.

No final de semana de 24 e 25 de abril de 2021, aconteceu na China, o chamado Dia Nacional do Espaço, um evento muito interessante, e muito legal, principalmente para incentivar as novas gerações a se interessar pela ciência espacial.

Nesse evento, a China costuma apresentar muitas novidades, nesse desse ano, as amostras lunares obtidas pela missão Chang’e-5 foram apresentadas, e o nome do rover marciano também foi revelado, ele vai se chamar Zhurong, e deve pousar em Marte em meados desse mês de maio de 2021.

Além disso, a China aproveita também para mostrar qual é o futuro da exploração espacial, e quais os seus projetos.

E é aí que veio uma grande surpresa, ou nem tanto assim.

A China mostrou dois diferentes conceitos para voos de passageiros suborbitais que poderiam encurtar e muito as viagens na Terra.

Ela disse que pode realizar isso em 20 anos.

Um dos conceitos é bem interessante, uma nave que decola na horizontal usando um tipo de catapulta eletromagnética e pousa na horizontal também, um tipo de avião que lembra muito até o concord.

Mas foi um outro conceito que chamou a atenção de todos.

A China mostrou uma nave que é muito, mas muito igual à Starship da SpaceX.

Ela foi mostrada como se fosse feita de aço inoxidável também, como a própria Starship.

Ela decola e pousa na vertical, ela é feita por uma parte onde vai passageiros e cargas e por uma parte que é o tanque de combustível, e ainda foi apresentada como sendo uma solução para viagens na Terra.

Para quem não sabe, em 2017, a SpaceX apresentou a primeira versão da Starship para levar passageiros de uma cidade até outra aqui na Terra, mostrando que qualquer lugar poderia ser acessado em menos de 1 hora e no exemplo mostrou um voo de Nova York para Shangai em apenas 39 minutos.

Não é de hoje que a China se inspira, digamos assim na SpaceX.

O país rastreia cada passo da empresa do Elon Musk, desde sempre.

Para quem não sabe no primeiro lançamento da SpaceX em 2006, quando a empresa lançou o Falcon 1, um pequeno barco espião chinês estava no local perto de onde o estágio iria reentrar.

Em 2019, o Long MArch 2C mostrou suas grids fins muito parecidas com as usadas pelo Falcon 9.

A China também pretende desenvolver uma plataforma para pouso do Long March 8 que é muito parecida com as balsas drones da SpaceX.

E o seu novo foguete em desenvolvimento, o Long MArch 9 se parece demais com o Falcon Heavy.

Se esse veículo chinês parecido com a Starship vai fazer viagens interplanetárias, isso não está claro, mas que é muito parecido isso é.

E aí, inspiração, ou cópia?

Fonte:

https://arstechnica.com/science/2021/04/chinas-state-rocket-company-unveils-rendering-of-a-starship-look-alike/

#CHINA #SPACEX #SPACETODAY

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!