O PRIMEIRO POSSÍVEL PLANETA ORBITANDO UMA ANÃ BRANCA | SPACE TODAY TVEP2313

VISITE A SPACE TODAY STORE:

Https://www.spacetodaystore.com

INSCREVA-SE NO CURSO DE ASTRONOMIA DO SPACE TODAY:

BigBang – Home Encerrado

Uma equipe internacional de astrônomos usando o Transiting Exoplanet Survey Satellite, TESS da NASA e o já aposentado Telescópio Espacial Spitzer, relataram o que pode ser o primeiro planeta intacto encontrado orbitando de perto uma anã branca, o núcleo denso deixado para trás, depois que uma estrela parecida com o Sol morre, e que é somente 40% maior que a Terra.

O objeto do tamanho de Júpiter, chamado de WD 1856b, é cerca de 7 vezes maior que a anã branca, denominada WD 1856+534. Ele circula o resto estelar a cada 34 horas, mais de 60 vezes mais rápido do que Mercúrio circula o nosso Sol.

O WD 1856b chega bem perto da sua anã branca e consegue sobreviver intacto em um só pedaço. O processo de criação de uma anã branca destrói os planetas próximos, e nada consegue chegar tão perto delas sem ser destruído pela intensa gravidade da anã branca. Então os astrônomos ainda têm muitas dúvidas sobre o WD 1856b, que consegue ficar perto da anã branca sem sofrer nenhum tipo de consequência.

A TESS monitora grandes partes do céu, chamadas de setores, gastando aproximadamente 1 mês em cada setor. Isso permite que o satélite possa encontrar exoplanetas, capturando as mudanças no brilho da estrela causada quando o planeta passa na sua frente, no que chamamos de trânsito.

O satélite registrou o WD 1856b, que está localizado a aproximadamente 80 anos-luz de distância da Terra na constelação de Draco. Ele orbita uma anã branca fria e calma que tem aproximadamente 18 mil km de diâmetro, mais de 10 bilhões de anos de vida, e é o membro mais distante de um sistema triplo de estrelas.

Fonte:

https://www.nasa.gov/press-release/nasa-missions-spy-first-possible-survivor-planet-hugging-white-dwarf-star

#EXOPLANET #WHITEDWARF #SPACETODAY

Luccas Luccas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: