‘O objetivo agora é desqualificar e amordaçar’, diz senador sobre inquéritos e CPI de ‘Fake News’

‘O objetivo agora é desqualificar e amordaçar’, diz senador sobre inquéritos e CPI de ‘Fake News’

O senador Arolde de Oliveira compartilhou, pelas redes sociais, um trecho de uma live de que participou no canal “Aqui tudo é política”, explicando “como alguns setores tem trabalhado para tentar calar a liberdade de expressão que a internet nos trouxe”.

Segundo o senador, “A mídia horizontal, essa mídia alternativa, criou um espaço para desconstruir a mídia anterior, que era totalmente controlada. Controlada por partidos políticos, por ideologias, etc. O objetivo agora é desqualificar e amordaçar, inclusive, os influenciadores, que são os grandes comunicadores espontâneos das redes”.

O senador explicou que as redes sociais, por promoverem a interatividade, permitem a formação de grupos e o surgimento natural de influenciadores.

Arolde de Oliveira explicou ainda: “Como Bolsonaro foi o fator de desequilíbrio da nova mídia em relação à antiga, ele é o alvo para essa desconstrução”. O senador lembrou que as leis penais já preveem punições, e a movimentação para criar nova legislação se resume a um movimento para calar adversários. Arolde disse: “No meu entendimento, a lei das fake news, o inquérito das fake news, e essa CPMI das Fake News, tudo isso faz parte de um conjunto de ações políticas, jurídicas, etc, para o cerceamento dentro da internet, para botar mordaça. E isso agride diretamente um direito constitucional fundamental, que é a liberdade de expressão”.

Inscreva-se em nosso canal para acompanhar todas as transmissões de Jair Bolsonaro, assim como os melhores vídeos sobre temas políticos: http://bit.ly/FolhaPoliticaYoutube
Acesse nosso site para mais informações: http://www.folhapolitica.org

Luccas Luccas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: