Memórias de um cárcere na China

http://youtu.be/UFixDSRmMNA

Gulzira, uma chinesa que faz parte da minoria muçulmana uigur, ficou presa por um ano num campo em Xinjiang, na China. Ela conta que foi torturada e que sofre até hoje com as lembranças da prisão. Para observadores, há indícios de genocídio na região.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!