Médico acusado de assediar vendedora permanece preso no Egito

No Egito, a prisão do médico brasileiro Victor Sorrentino foi prolongada por mais quatro dias. Ele é acusado de assediar verbalmente uma vendedora egípcia e publicar o vídeo em uma rede social. Segundo informações da mídia local, o ministério público acusou o brasileiro de fazer insinuações sexuais e violar a privacidade da mulher. Victor Sorrentino foi preso nesse domingo (30).

Conheça a programação da sua TV Brasil: http://tvbrasil.ebc.com.br/

Siga a TV Brasil nas redes sociais:
Facebook – https://www.facebook.com/tvbrasil
Twitter – https://twitter.com/TVBrasil
Instagram – https://www.instagram.com/tvbrasil

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!