Marco Aurélio defende a própria decisão, critica Fux e que presidente do STF não pode ser “censor”

Durante julgamento que analisa um pedido de liberdade para André do Rap, apontado como um dos chefes do PCC, o ministro Marco Aurélio defendeu a própria decisão que colocou em liberdade o acusado e criticou o presidente Luiz Fux por ter derrubado seu posicionamento. O presidente, disse Marco Aurélio em seu voto, “não pode ser, em relação aos seus iguais, um censor, levando ao descrédito o próprio Judiciário”.
————————-
Bem-vindo ao canal do UOL no YouTube. Aqui você encontra notícias direto da redação, tudo sobre política, matérias especiais e o melhor do mundo do entretenimento.

** INSCREVA-SE NO CANAL: http://bit.ly/2xolCQ2

Luccas Luccas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: