UOL

Fiscalização aplica multas e interdita estabelecimentos no Rio de Janeiro

Depois de estabelecer um feriadão de 10 dias para conter a circulação de pessoas, a prefeitura do Rio de Janeiro precisou intensificar a fiscalização para que as medidas sejam cumpridas. O objetivo do decreto que determinou restrições é conter a disseminação do novo coronavírus, no pior momento da pandemia no Brasil.

Durante a madrugada, os agentes aplicaram multas e interditaram estabelecimentos que descumpriram as regras. A prefeitura da cidade informou que em seis dias de fiscalizações do novo decreto, foram registradas 6.129 autuações. Entre elas estão multas e interdições a estabelecimentos, infrações sanitárias, multas de trânsito, reboques e apreensões de mercadorias.

Nesta sexta-feira, as autoridades municipais anunciaram a prorrogação das medidas restritivas até o dia 9 de abril, mas ao longo da próxima semana, algumas atividades serão liberadas progressivamente. Na segunda-feira as aulas e os serviços da administração pública serão retomados. Na sexta-feira é a vez dos setores de comércios e serviços.

A 13ª edição do Boletim Epidemiológico da covid-19 mostrou que o município do Rio registra, desde o início da pandemia, 227.790 casos da doença, com 20.687 óbitos. A média móvel de casos e mortes segue em tendência de alta.
————————-
Bem-vindo ao canal do UOL no YouTube. Aqui você encontra notícias direto da redação, tudo sobre política, matérias especiais e o melhor do mundo do entretenimento.

** INSCREVA-SE NO CANAL: http://bit.ly/2xolCQ2

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!