“Estudos colocam eventos religiosos como ambientes de máxima periculosidade”, diz Paulo Saldiva

Convidado do Jornal da Cultura desta segunda (5), o médico e professor da Faculdade de Medicina da USP Paulo Saldiva disse que estudos realizados na Europa classificam eventos religiosos como de máxima periculosidade em relação ao contágio pelo novo coronavírus.

#JornaldaCultura

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!