Em Rondônia, indigenista Rieli Franciscato morreu após ataque de indígenas isolados

Em Rondônia, Rieli franciscato, de 56 anos, era uma das principais referências do país em defesa dos povos indígenas isolados do contato com a sociedade.
Ele foi morto em uma floresta próxima a reserva Uru Eu Wau Wau, no estado de Rondônia, próximo a fronteira com a Bolívia.

#JornaldaCultura

Luccas Luccas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: