Dimas Covas: Coronavac é adaptada ao Brasil | CNN 360º

Conforme as potenciais vacinas contra o novo coronavírus avançam, questões em relação ao armazenamento começam a surgir, especialmente após a Pfizer divulgar que o imunizante que desenvolve será armazenado sob temperatura de -70ºC. Questionado sobre o tema, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse à CNN que a Coronavac será adaptada ao clima brasileiro.

“A vacina será adaptada para as condições de logística do Brasil. Ela poderá ser armazenada em temperatura normal de geladeira de 2° a 8° e poderá ficar até 27 dias sem refrigeração,” disse Dimas Covas. #CNNBrasil

Inscreva-se no canal da CNN Brasil no YouTube: https://www.cnnbr.tv/2ybMGDH

ACOMPANHE A CNN BRASIL TAMBÉM NAS OUTRAS PLATAFORMAS:
Podcasts: https://www.cnnbr.tv/2y91K4Q
Newsletters: https://newsletter.cnnbrasil.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/cnnbrasil
Twitter: https://www.twitter.com/cnnbrasil
Instagram: https://www.instagram.com/cnnbrasil

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!