Devido ao debate sobre a prisão de Daniel Silveira, Câmara adia votação da MP da vacina

O texto permite a compra de imunizantes e insumos sem a licitação do governo e antes que a aprovação da Anvisa seja concedida. O ministério da saúde também respondeu a uma ordem do Supremo Tribunal Federal para esclarecer quais são os grupos prioritários na vacinação.

#JornaldaCultura

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!