Bolsonaro rebate Barroso sobre voto impresso auditável: ‘Que negócio é esse, ministro Barroso?’

Bolsonaro rebate Barroso sobre voto impresso auditável: ‘Que negócio é esse, ministro Barroso?’

Durante sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro refutou as narrativas que vêm sendo divulgadas por parte da velha imprensa e até pela Justiça Eleitoral para desqualificar a proposta do voto impresso auditável em debate no Congresso Nacional.

O presidente mostrou uma matéria do jornal Folha de São Paulo que, ao apontar que apenas Brasil, Bangladesh e Butão utilizam urnas eletrônicas de primeira geração, ressalvou que nunca houve evidência de fraude. Bolsonaro explicou: “ô pessoal, não vai haver evidência nunca! Pelo amor de Deus, pessoal da Folha de S. Paulo! Não tem como fazer auditoria nesse trem”. O presidente prosseguiu: “Falam tanto que a democracia não tem preço, se tiver que gastar muita coisa, gaste, mas em nome da democracia, e na hora de fazer o voto auditável, fica a imprensa batendo. E ouvi o ministro Barroso também, criticando. Dizendo “vamos ter problemas se tiver o voto auditável”. Problema de quê, Barroso? O Barroso queria o voto por telefone!”.

Bolsonaro questionou o posicionamento do presidente do TSE, dizendo: “Ministro Barroso, o dono da verdade. Eu ouvi uma coisa importante, ele falar hoje: se o Congresso aprovar e não for judicializado, nós vamos cumprir. Que negócio é esse, ministro Barroso? Quer dizer que, se alguém entrar com uma ação no Supremo, você vai despachar lá que não vale a PEC dos deputados e senadores? Uma pessoa vai querer derrubar no mínimo 308 deputados e no mínimo 54 senadores? Não tem cabimento isso! Se o Congresso aprovar o voto impresso, vamos ter eleições com o voto impresso e ponto final! Cada um de nós tem que respeitar a Constituição. Respeitar o Parlamento brasileiro”.

Inscreva-se em nosso canal para acompanhar todas as transmissões de Jair Bolsonaro, assim como os melhores vídeos sobre temas políticos: http://bit.ly/FolhaPoliticaYoutube
Acesse nosso site para mais informações: http://www.folhapolitica.org

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!