Após pior nevasca em 50 anos, Espanha enfrenta onda de frio extremo

Depois da pior nevasca dos últimos 50 anos, a Espanha enfrenta agora uma onda de frio extremo, com temperaturas mínimas abaixo de 10 graus negativos.
Limpadores coletaram pilhas de neve na tentativa de desobstruir as pistas para as companhias aéreas operarem. O Aeroporto Internacional de Teruel, na região de Aragão, no Leste da Espanha, foi completamente coberto por neve depois que as temperaturas atingiram -25,4 ° c, um recorde local. Na capital Madri, mais de 800 soldados foram destacados para ajudar a limpar a cidade, onde muitas estradas ainda estão bloqueadas depois que a tempestade Filomena derrubou cerca de 150 mil árvores, cortou as linhas de abastecimento e deixou as prateleiras dos supermercados vazias. Segundo o Ministério do Interior espanhol, dois sem-teto que morreram em Barcelona na noite de segunda-feira foram confirmados como as últimas vítimas do frio, que já matou outras cinco pessoas.

Conheça a programação da sua TV Brasil: http://tvbrasil.ebc.com.br/

Siga a TV Brasil nas redes sociais:
Facebook – https://www.facebook.com/tvbrasil
Twitter – https://twitter.com/TVBrasil
Instagram – https://www.instagram.com/tvbrasil

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!