Após alta do arroz, a próxima pode ser do vestuário com alta de 16% no algodão

Em julho, para a surpresa dos comerciantes, as vendas de tecidos, vestuário e calçados dispararam vinte e cinco por cento, segundo o IBGE. Mesmo com essa recuperação, o volume de vendas ficou quase vinte cento abaixo do registrado no ano passado. A luz amarela acendeu no setor.

#JornaldaCultura

Luccas Luccas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: