Abraham Weintraub rebate Miriam Leitão, da Globo, e aponta feitos de Bolsonaro: ‘Caso a tigrada…

Abraham Weintraub rebate Miriam Leitão, da Globo, e aponta feitos de Bolsonaro: ‘Caso a tigrada deixe, o Brasil tem solução’

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, comemorou os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Em 2019, o ensino médio teve o maior salto no Ideb desde 2005. Weintraub disse:

TODOS os ESTADOS tiveram melhora!
Quer saber o segredo? A prova feita em outubro de 2019 não foi amostral. Todas as escolas foram avaliadas. Agora, podemos saber qual diretor/equipe de professores faz um bom trabalho ou não. Agora podemos ter um ranking.
Isso se chama GESTÃO!
Bastou avisar que o desempenho será monitorado, a competição entre as escolas já gerou uma melhora expressiva.
“O Ensino Fundamental melhorou, porém, não tanto”.
No Fundamental já havia esse acompanhamento!
Tudo melhorou: fundamental I e II, porém, o destaque foi o ensino médio!
Apesar de M. Leitão (inimiga da Capitu) dizer o contrário, o Governo Federal foi fundamental nesta melhora.
Parabéns presidente Jair Bolsonaro!
Caso a tigrada deixe, o Brasil tem solução.
Agora “queridos” governadores, REABRAM AS ESCOLAS!!!!
Ou preferem escutar a família marinho?

Segundo a Agência Brasil:

“O ensino médio teve, em 2019, o maior salto no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) desde 2005. O Ideb é o principal indicador de qualidade da educação brasileira. Os dados do Ideb foram divulgados hoje (15) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O ensino médio é tido historicamente como a fase escolar mais crítica da educação básica, pela alta taxa de abandono e pelo baixo nível de aprendizagem. Desde 2013, o ensino médio não atinge a meta do Ideb.

O avanço de 0,4 ponto obtido entre 2017 e 2019, de acordo com os dados divulgados pelo Inep, foi o maior em toda a série histórica. Em 2005, o Ideb foi 3,4, passando para 3,5 em 2007 e para 3,6 em 2009. Entre 2011 e 2015, o Ideb do ensino médio ficou estagnado em 3,7. Em 2017, avançou para 3,8 e, no ano passado, para 4,2”.

Inscreva-se em nosso canal para acompanhar todas as transmissões de Jair Bolsonaro, assim como os melhores vídeos sobre temas políticos: http://bit.ly/FolhaPoliticaYoutube
Acesse nosso site para mais informações: http://www.folhapolitica.org

Luccas Luccas

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: