A Fiocruz assinou hoje o contrato para a produção de insumos da vacina da Oxford-Astrazeneca

O evento, no ministério da saúde, teve a presença do presidente Jair Bolsonaro.
A meta inicial era que o documento de transferência de tecnologia fosse assinado com a farmacêutica Astrazeneca em janeiro deste ano. Segundo a Fiocruz, o atraso ocorreu porque a fundação priorizou os registros emergencial e definitivo do imunizante no Brasil.

#JornaldaCultura

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!