A economia criativa e eventos são os setores mais afetados pela Covid-19, de acordo com o Sebrae

A economia criativa e eventos são os setores mais afetados pela pandemia do novo coronavírus, de acordo com um estudo do Sebrae, Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Micro Empresas. Como na imensa maioria dos casos, são atividades que exigem a presença de público, por isso esse segmento da economia quase parou.

#JornaldaCultura

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!